.addthis_toolbox{text-align:center;}.custom_images a{width:32px;height:32px;padding:0} .addthis_toolbox .custom_images a:hover img{opacity:1} .addthis_toolbox .custom_images a img{opacity:0.50}

*******

*******

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

FÓSFORO E A VELA (apólogo)



Certo dia, o fósforo disse para a vela:
– Hoje te acenderei!
– Ah não - disse a vela. Você não percebe que se me acender, meus dias estarão contados? Não faça uma maldade dessa...
– Então você quer permanecer toda a sua vida assim?  Dura, fria e sem nunca ter brilhado? -  perguntou o fósforo.
– Mas ter que me queimar? Isso dói demais e consome todas as minhas forças - murmurou a vela.
Então respondeu o fósforo:
– Tem toda razão! Mas essa é a nossa missão. Tu e eu fomos feitos para ser luz. O que eu, apenas como fósforo, posso fazer, é muito pouco. Minha chama é pequena e curta. Mas, se passo a minha chama para ti, cumprirei com o sentido de minha vida. Eu fui feito justamente para isso: para começar o fogo. Já você é a vela. Tua missão é brilhar. Toda tua dor e energia se transformará em luz e calor por um bom tempo.
Ouvindo isso, a vela olhou para o fósforo, que já estava no final da sua chama, e disse:
– Por favor, acende-me.
E assim produziu uma linda chama.
Costuma-se dizer que um grande passo para a felicidade ocorre quando descobrimos qual é a nossa missão ou chamado nessa terra. Saber quem você é e qual a sua missão constitui ingrediente necessário para uma vida feliz e abençoada.
Mas nem sempre conseguimos cumprir esse chamado. Assim como a vela, às vezes, é necessário passar por experiências ruins, experimentar a dor e sofrimento para que o melhor que temos seja oferecido e que possamos ser luz. E a verdade é que mar calmo não faz bons navegadores. Os melhores são forjados nas águas agitadas.
Então, se tiver que passar pela experiência da vela, lembre-se que espalhar o Amor é o combustível que nos mantém acesos. Quanto mais você se alimentar dele, mais crescerá.


- AUTOR DESCONHECIDO 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Licor de Caju


          Depois de alguns meses testando formas diferentes de produzir um licor de caju e, logicamente, experimentado todos o resultados até chegar à mais gostosamente interessante... Aí está o nosso KAJUZIN. Redundante dizer que este, por ser feito a partir de uma fruta tropical, que é a cara do nosso Ceará, esse licor além de poder ser tomado puro, em doses moderadas, ele também poderá ser misturado a outras bebidas para formulação de novos drinques ao sabor da criatividade dos apreciadores de drinques exclusivos e muito saborosos.  

          A nossa sugestão de drinque é bem simples, na falta de um nome melhor chamamos de CAJU SODA. A receita é a seguinte:

  1. Em um copo longo coloque gelo até a borda do copo; 
  2. Em seguida coloque dose generosa de Kajuzin da Licor Musashi ;
  3. Complete o copo com soda. A mistura tem que ser “mexida, não batida” para o refrigerante não perder o gás.



LICOR MUSASHI: qual a diferença deste para os outros licores?

Foto: antiga embalagem do Licor Musashi (2008-2009): 
Licor Musashi - 武蔵 リキュール - "Musashi Rikyūru"
         Geralmente quando se fala em "licor caseiro" entende-se, simplesmente, que estamos falando de uma bebida antiquada, doce (quase enjoativa), feita tradicionalmente com açúcar derretido, ou melaço de cana-de-açúcar e alguns "licoseiros" (pasmem!),  ainda têm a pachorra de usar "álcool de farmácia" para dar teor alcoólico a bebida, ignorando o risco de usar um produto que contém Desnaturante (o Benzoato de denatônio) incluído em formulações que apresentem algum tipo de toxicidade, segunda Anvisa na publicação da RDC 46/2002. Recomendo pedir informações antes de antes de comprar! 
         E mesmo, às vezes, sendo feita de maneira tão leiga, continua sendo uma bebida muito apreciada, que nos remete aos "tempos da vovó", servida em pequenas doses em casamentos, batizados, para receber visitas ilustres ou simplesmente celebrar uma ocasião especial...
     

      Musashi Licores Artesanais, traz de volta estes bons momentos em um novo conceito em licor. Uma bebida com toques refinados que desafiarão o seu paladar com sabores modificados ou ainda não vistos nos licores tradicionais.
      Podemos dizer que é um licor jovial e versátil, podendo ser misturado a outras bebidas para criação de drinques diferenciados. Estes licores, principalmente os cítricos (Tangerina, Kajuzin) e até mesmo o tradicionalíssimo licor de Jenipapo, que nas mãos de um bartender criativo e inovador certamente irá fazer muito sucesso.  
     O Licor Musashi, também conhecido como  "O Licor da Sorte" é inigualável, não apenas por ser uma bebida requintada ou pelo seu aroma e sabor instigantes, mas pelas propriedades encontradas dentro de cada embalagem. Na Licor Musashi engarrafamos mais que apenas 'uma bebida', engarrafamos pequenas doses de arte com técnica milenar em licores de longa vida.
     Descubra você também o seu sabor preferido deste licor artesanal. Receita que é segredo de família, feito à base de aguardente de cana de boa qualidade, frutas frescas ou com as mais delicadas ervas aromáticas e medicinais.
     Um produto de emulsão natural, refinado, sem corante e sem conservantes artificiais (por isso não são coloridos), feito com técnica milenar diferenciada, adoçado com mel de abelhas, portanto NÃO CONTÉM AÇÚCAR  (sem sacarose)!


* A T E N Ç Ã O : Todos os sabores são naturais e sem sacarose (açúcar), com exceção do licor de Chocolate que tem (por enquanto) leite condensado em sua receita. Entretanto, todos, sem exceção, são adoçados com mel de abelha, inclusive o de chocolate.

"Você já deve ter tomado algo ‘parecido’ com o este licor, mas garanto que você nunca experimentou nada igual ao místico LICOR MUSASHI, O licor da Sorte!"


 QUAIS AS  PERGUNTAS MAIS FREQUENTES SOBRE O LICOR

 
Foto: nova embalagem do Licor Musashi(2015/2016). 
Licor Musashi é remédio?

 
    Não e, como dito, o licor Musashi é uma bebida refinada e com toques de ervas e condimentos que tem propriedades medicinais, mas, como toda bebida alcoólica, é destinada a adultos e deve ser apreciado com moderação e não como forma de cura para uma enfermidade.
    Os ingredientes do Licor Musashi possuem o “ki” (ou energia vital) de seus ingredientes selecionados, conhecido há milênios na cultura oriental.    Sua composição não utiliza elementos manipulados em laboratório, apenas matérias-primas naturais com propriedades específicas, capazes de harmonizar o corpo e a mente.
    O Mestre em Licores conseguiu mescla neste produto o prazer de degustar uma bebida requintada aos benefícios cientificamente atestados do mel, do cacau, do caju, do morango, do jenipapo, do noni, do murici, da erva-doce, da tangerina, do anis-estrelado, da canela, do pequi, do cravo-da-índia e de outros ingredientes selecionados. Trata-se do conhecimento imemorial dos povos orientais aplicado na elaboração dos “blends” mais sofisticados.

Por que licor da sorte?
 
    Recebeu esta alcunha carinhosa, no início (em 2008), porque cada uma das ervas e outros ingredientes utilizadas no preparo do Licor Musashi está associada a um dos 5 elementos (terra, água, fogo, madeira, metal), atuando no equilíbrio das funções orgânicas e espirituais, de modo gradativo. Muitos dos componentes são usados, desde os tempos mais remotos, em aromaterapia, cerimônias de purificação e proteção, como ativadores da energia sexual, nos encantamentos amorosos e como facilitadores da meditação. Mas mesmo que você não acredite nestas explicações místicas, ainda assim você poderá desfrutar do aroma inigualável, do sabor diferenciado que fazem do Licor Musashi uma bebida singular.


Qual o tempo de validade do Licor Musashi?
 
    O licor Musashi, por ser feito a base de mel puro (que é também um conservante natural) dura muito, mas muito tempo. melhor dizendo, assim como um bom vinho, quanto mais “velho” fica o licor, mais delicado fica o seu sabor e aroma. 


sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Licor de Tangerina...



Licor Musashi sabor Tangerina de 750 ml (foto), é um licor artesanal, totalmente natural, elaborado do blend único de casca e polpa de tangerinas doces e cascas cheirosas. E, como os demais licores da Musashi, são adoçados com puro mel, portanto, NÃO CONTÉM AÇÚCAR!

     Através de técnica milenar, o Licor de Tangerina sintetiza em seu sabor e aroma (totalmente naturais) a fragrância e o sabor de uma tangerina fresca. Sendo deliciosamente degustado puro, em pequenas doses, seja em temperatura ambiente ou gelado.

     No entanto, o Licor Musashi de Tangerina pode ser misturado a outras bebidas para a formulação de variados drinque cítricos deliciosos, como por exemplo o “Onna Yoshí Drink”, que é uma bebida que leva, gelo, soda, uma dose boa de Licor Musashi de Tangerina e folhinhas de menta pra enfeitar ou mesmo casca de tangerina. Clique aqui para ver a receita do drinque

Sobre a tangerina: denominação regional

A tangerina (Rutaceae), também mandarina, bergamota ou mexerica, é uma fruta cítrica de cor alaranjada e sabor adocicado, originária da Ásia (Índia, China e países vizinhos de clima sub-tropical e tropical úmido). Cientificamente, recebe o nome de Citrus reticulata e que tem como nome popular oficial de Mexerica.

Bergamota ou vergamota são as denominações dadas à outras espécies tangerina na região sul do Brasil, principalmente em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Mexerica é um termo mais comum na região sudeste, especialmente no Espírito Santo. Em alguns poucos lugares, como em Curitiba, é chamada de mimosa.

Cultivo

As variedades mais cultivadas de tangerina são conhecidas como:
  • Mexerica
  • Poncã
  • Dancy
  • Laranja-cravo (ou tangerina-cravo)
  • Montenegrina
  • Dekopon
Existe também uma cultura híbrida chamada murcott, uma mistura de tangerina e laranja que é mais apropriada para a produção de sucos, sendo este bastante nutritivo, abundante, saudável e saboroso.

Plantio

Normalmente é colhida entre os meses de maio a agosto, mas a safra pode ir de abril a setembro.
A árvore é de porte mediano, com espinhos nos galhos, como forma de proteção, com flores brancas e aromáticas, semelhantes à laranjeira.
A casca possui concentrações elevadas de vitaminas A, B1, B2, Niacina, vitamina C, cálcio e fósforo, podendo ser usada para fazer doces e geléias.
As variedades mais conhecidas são a cravo, mexerica, ponkan e mandarina, que se confundem com as denominações regionais. As variedades mais comerciais são as mexericas, para consumo natural e a morgote, para produção de sucos.

Valor nutricional

O valor nutritivo do suco ou da polpa varia conforme a espécie, mas é sempre boa fonte de vitaminas A e C e sais minerais como potássio, cálcio e fósforo. A vitamina C é essencial para o sistema imunológico. A vitamina


Tangerina natural sem casca

Valor nutricional por 100 g
Energia 50 kcal   200 kJ
Carbohidratos     g
Gorduras 0.3 g
Proteina g
Água 86 g
Vitamina C  30 mg 50%
Magnésio  11 mg 3% 
Potássio  210 mg   4%
Percentagem relativas para adultos.
A é indispensável para a saúde dos olhos e da pele e aumenta a resistência às infecções. As vitaminas do complexo B fortificam os nervos.
A tangerina é considerada grande fonte de magnésio. O ser humano precisa de magnésio, apresentando maior concentração desse mineral nos ossos e músculos. Ele tem papel importante na síntese das proteínas, na contratilidade muscular e na excitabilidade dos nervos.
A tangerina é conhecida pelo seu efeito diurético, digestivo e aumento na eficiência física. É também indicada nas hipertensões arteriais e na prevenção da arterioesclerose. É laxativa, pois apresenta grande quantidade de fibras, devendo ser ingerida com o bagaço para melhorar o funcionamento do intestino. A riqueza de fibras da tangerina protege ainda de outras doenças como câncer, diabetes, hipertensão e outras doenças cardiovasculares. O chá das folhas é considerado popularmente como calmante. Conserva-se bem em geladeira por até três semanas.

Mapa!

Locations of visitors to this page